terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

PARABÉNS, DAVID E PAULO


Já dei os parabéns ao David Machado pelo prémio de Autor de Melhor Livro de Literatura Infanto-Juvenil atribuído pela SPA. Se não gostasse do livro não tinha assinado por baixo daquela rodela picotada azul no canto superior direito (com uma frase subtraída da crítica que saiu na LER de Outubro de 2009). E também gostei muito do que ele disse sobre essa ideia de a literatura para crianças "ficar em casa com a baby-sitter", quando se trata destes prémios, e mais ainda do gesto de ele ter chamado o ilustrador Paulo Galindro ao palco – porque um livro deste género tem sempre dois autores, é claro. Um dia talvez os senhores dos regulamentos percebam isso. Last but not least, fartei-me de rir com o "Oooh" decepcionado da Catarina Furtado, quando perguntou a ambos se eram pais e o David respondeu que sim, mas que o livro tinha sido escrito antes de o bebé nascer. "Então espero que ao menos tenha inspirado!". Mutatis mutandis, gostava de saber se a apresentadora perguntaria a um escritor de policiais se alguma vez matou alguém. Ou se pensa matar, só para ficar mais inspirado. Que grande confusão vai na cabeça de certas pessoas.

5 comentários:

sofia wahnon disse...

Realmente. Também me perguntei sobre a relevância daquela pergunta.

Pintarriscos disse...

Obrigado, Carla, pelo post. O gesto do David foi de facto muito, muito importante para mim, e acima de tudo, revelador de uma grande humildade. Mas também confesso que não me apanhou de surpresa, pois desde cedo senti uma enorme empatia com ele. Este prémio é, obviamente, muito importante para mim pois estou no início da minha carreira de ilustrador (apesar de sentir que já o faço desde sempre). Como costumo dizer, adoro arquitectura e amo a ilustração. Quando pinto não sinto fome, nem sono, nem sede, nem as horas a passarem. Contudo, quando estou a projectar, lá pelas 12:30h já sinto vontade de almoçar. E isto diz tudo.

Um muito obrigado

Paulo Galindro

Carla Maia de Almeida disse...

Nada que agradecer, Paulo. Vocês vão longe, se quiserem. Só espero que no próximo livro o David deixe mais espaço para os desenhos. ;-)

Anónimo disse...

Assisti por acaso à entrega do prémio, e fiquei espantada mas feliz, por terem incluído esta categoria. A dupla David e Paulo estão de Parabéns, gosto muito do trabalho de ambos. Concordo plenamente com a crítica da Carla.
Um beijinho a todos.
Cristina, Évora.

Anónimo disse...

Pena que este prémio não contemple (uma vez que se trata de literatura para a infância e a juventude)uma categoria do género: AUTOR DE MELHOR ILUSTRAÇÃO PARA LIVRO DE LITERATURA INFANTO-JUVENIL... Pois é Carla, concordo, temos que avisar esses tais senhores dos regulamentos.