segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

II SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE CONTOTERAPIA


«O poder terapêutico e performativo da palavra, a sua capacidade implícita de deslocar o leitor/ouvinte de um lugar interior para outro lugar (sempre no sentido ascendente, como bem notou Bruno Bettelheim na sua Psicanálise dos Contos de Fadas), depende muito da autenticidade e da adesão simbólica desse mesmo leitor/ouvinte, no momento e nas circunstâncias artificialmente recriadas onde a palavra do conto é retomada.» Escrevi este comentário depois de uma das mais importantes formações que já fiz, cujos efeitos ainda se repercutem: An International Seminar on Fairy-Tale Therapy, traduzido por Seminário Internacional sobre Contoterapia. Aconteceu em Março de 2015, no Hotel Tivoli, em Sintra, e se quiserem ter uma ideia do que foi podem ver aqui mais comentários, programa e fotografias. O êxito foi tão grande que seria estranho não se repetir, agora ainda com mais participantes e workshops. Eis a lista dos confirmados:

Rosie Strain, Arte-Psicoterapeuta & Contadora de Histórias, Reino Unido
Boaz and Vered Zur, Artes Expressivas da Irlanda
Susan McCullough, Conselheira Escolar & Contadora de Histórias, Alemanha
Olga Lipadatova, Psicoterapueta, Canadá
Michał Malinowski, Museu de Contos e Histórias, Polónia
Shai Karta Schwartz, Terapeuta de grupos e individuais e professor, Centro Baobab para Jovens Sobreviventes Exilados em Londres, Israel
Beatrice Bowles, Mestre em Artes Plásticas, Contadora de Histórias, Estados Unidos da América
Jill McWilliam and Gill Morton, Psicoterapeutas Educacionais, Londres, Reino Unido
Jacqueline Silva, Ludoterapeuta, Conselheira em Terapia Centrada na Pessoa, Instrutora e Supervisora para Terapia pelo Brincar e pelas Artes Criativas na LudoClínica, Portugal
Laura Simms, Contadora de Histórias, Escritora, Estados Unidos da América
Monica Carpendale, Diretora Executiva, Instituto de Arteterapia Kutenai, Canada
John L. Plews, Phd, Professor Associado de Línguas Modernas, Universidade de Saint Mary's, Halifax, Canada

O ideal é mesmo ficar em Sintra e usufruir de uma atmosfera única; mas, porque o ideal nem sempre é possível, podem só inscrever-se nos workshops do seminário, acrescentando (ou não) as sessões de storytelling. Todas as modalidades de inscrição e respectivos preços estão no site da Moonluza. Atenção: os lugares são limitados e já estão a acabar. Se puderem, não percam mesmo.
   

1 comentário:

Isaura Pereira disse...

Olá!
Fiquei encantada com este evento! Quero muito ir.
Obrigada pela divulgação :)
Boas leituras