segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

ANIMAIS DE HÁBITOS


No blogue Comunidade de Leitores, Helena Vasconcelos escreve: “Reparei que há várias pessoas que seguem a ‘leitura em comunidade’ e, ao tentar conhecê-los, apercebi-me de que há grandes fãs da leitura e também de animais, cães, gatos, etc. Uma paixão que partilho. Poderão dizer-me que esse facto nada tem a ver com a leitura. Nada de mais errado. Tanto para ler como para escrever, é indispensável ter um animal por perto.” Ler o resto aqui.

Concordo com a Helena: os animais dão-se bem com os rituais da escrita e da leitura. Porque vivemos rodeados de sombras e artifícios, ainda são eles que representam uma última hipótese de ligação diária à natureza. Essa natureza que nos é cada vez mais estranha, de tão humana.

Fotografia de Guto Ferreira. (Radar, o gato laranja, no seu/meu lugar preferido de leitura)

3 comentários:

Whisper disse...

Tomei conhecimento da existência deste blogue através de uma entrevista que ouvi na rádio, no domingo de manhã.

Partilho da paixão pelos livros, pelas histórias e não resisti a fazer uma visita!

Parabéns pelo espaço! Voltarei, com certeza...

ana disse...

Também cheguei aqui por a ter ouvido no programa do Pedro Rolo Duarte. Mas já conhecia os seus livros pois, ao contrário do que disse no programa, há adultos que compram livros infantis só para si próprios; e penso - espero - não ser a única. Por falar em livros infantis conhece The Catwings da Ursula Le Guin?

Carla Maia de Almeida disse...

Conheço muitos adultos que compram livros "infantis" para si próprios. Eu faço parte desse grupo, pois então. Se dei a entender o contrário, foi inadvertidamente. Obrigada pelo comentário e pela sugestão...